VACINAÇÃO CONTRA A RAIVA PRECISA VOLTAR AO RIO DE JANEIRO

Vírus da Raiva já foi encontrado circulando em morcegos em pelo menos 14 bairros da cidade do RJ

O vírus da raiva tem sido cada vez mais detectado em morcegos, equinos e bovinos em todo o país.E na contramão do que devia ser feito, no ano passado o Governo Federal só enviou doses da vacina antirrábica para oito estados no país.

Precisamos mudar esse cenário para proteger os nossos animais e a população.

Por isso entrei com representações no Ministério Público Federal e Estadual para exigir o retorno da Campanha de Vacinação contra a Raiva no Rio de Janeiro. Com isso espero também que a posição do Governo seja revista em todo o país.  

ASSINE NOSSA PETIÇÃO PELA VOLTA DA VACINAÇÃO CONTRA A RAIVA:

Paralelo às nossas ações no Ministério Público, você também pode participar e nos ajudar nessa luta. Basta participar da nossa campanha de abaixo-assinado e apoiar  nossa petição pela Volta da Vacinação Contra a Raiva.

O documento com as assinaturas coletadas será enviado diretamente ao Ministério da Saúde, para a Secretaria de Saúde do RJ e para a Prefeitura do RJ.

 

 

RJ VOLTA A TER CASO DE MORTE POR RAIVA HUMANA DEPOIS DE 14 ANOS

Desde o ano passado, quando denunciei os riscos que corríamos com o adiamento da Campanha Nacional contra a Raiva em quase todo o país, venho alertando:

Há um aumento de circulação do vírus da raiva na cidade do Rio de Janeiro, detectado principalmente em morcegos na nossa cidade e em outros municípios vizinhos.

Em março de 2020, infelizmente, recebemos a notícia de morte por Raiva de um jovem que teria contraído a doença ao ser mordido por um morcego, no município de Angra dos Reis. É a primeira morte por raiva humana nos últimos 14 anos no Estado do RJ.

 

LEVANTAMENTO MOSTRA RAIVA EM 14 BAIRROS DO RJ

Um levantamento feito pelo meu gabinete, com base em números da Secretaria de Saúde e de controle de Zoonoses, mostra que os casos de raiva em morcegos detectados na cidade do Rio de Janeiro vêm crescendo de forma acelerada. Saltaram de 3 ocorrências, em 2018, para 16 no ano de 2019. Isso não é pouca coisa.

 

 

No ano passado, conforme mostra o mapa acima, foram detectados morcegos com raiva nos seguintes bairros da cidade do RJ:

  • Lagoa
  • Leblon
  • Vila Isabel
  • Andaraí
  • Grajaú
  • Ilha do Governador
  • Méier
  • Engenho de Dentro
  • Madureira
  • Anchieta
  • Jacarepaguá
  • Campo Grande
  • Cosmos e Guaratiba.

Importante destacar que os animais silvestres como morcegos são os principais transmissores da Raiva para os animais domésticos como cães e gatos.

Mesmo os morcegos não hematófagos, que não se alimentam de sangue. Eles não precisam morder cães e gatos. Basta que um cão ou gato morda um morcego vivo ou morto doente e infectado por exemplo.

 

RAIVA NÃO TEM CURA E É FATAL

A raiva é uma doença fatal ainda sem cura e precisa ser combatida e prevenida com seriedade. Se um animal doméstico for contaminado por um morcego ele pode contrair a raiva e transmití-la para os seres humanos.

Nossa preocupação aumenta por conta da não vacinação em 2019 e da falta de qualquer mobilização e planejamento para a campanha nacional deste ano de 2020 contra a Raiva, que deveria ocorrer em Setembro.

Como presidente da Comissão Especial de Saúde Animal da Câmara Municipal do RJ, já estou cobrando informações e providências das Secretarias Estadual e Municipal de Saúde. Não podemos seguir ignorando a Raiva em nosso Estado e em nossa cidade.

Mesmo com a pandemia, temos que trabalhar e cobrar o planejamento de nossas campanhas de vacinação contra a Raiva e de informação com esclarecimentos sobre a doença para a população.

Vereador Dr. Marcos Paulo