GATOS DO CAMPO DE SANTANA SOFREM COM ABANDONO

Sem multas e sem policiamento, cada vez mais gatos são deixados no Campo de Santana

 

Em qualquer cidade bem administrada, um parque arborizado em sua região central vira ponto de encontro para moradores e visitantes. Mas no Rio de Janeiro, infelizmente, o Campo de Santana, em frente à Central do Brasil, é o retrato do abandono e do descaso da Prefeitura que se repete em praticamente todos os parques públicos da cidade.

A situação é ainda mais grave se considerarmos que é nesse parque que se situa a sede administrativa da Fundação Parques e Jardins.

No dia 26 de Maio o vereador Dr. Marcos Paulo esteve com sua equipe no Campo de Santana, no Centro da cidade, para fiscalizar e denunciar o crescente número de abandonos de gatos no local. E o cenário encontrado foi de completo abandono do parque por parte do poder público.

O Campo de Santana está sujo, mal conservado, não há policiamento e os cerca de 350 gatos que vivem ali — dividindo espaço com cotias, patos e pavões — sequer recebem ração e cuidados veterinários  por parte da Prefeitura.

Todos os gatos do Campo de Santana dependem da ação de voluntárias e protetores de animais para que não morram de fome ou de doenças. Segundo as pessoas que cuidam dos animais do parque, o número de abandono de gatos cresce a cada semana. Em média de 15 a 20 gatos, filhotes e adultos, são abandonados por semana.

“A prefeitura precisa trabalhar para coibir o abandono de animais . Tem que aplicar multas por maus-tratos e tem que proteger os animais da cidade.  Não se pode seguir deixando a tarefa de cuidar dos animais apenas sob a responsabilidade de protetores e voluntários, que  tiram do próprio bolso para cobrir o que o poder público deixa de fazer ”, critica o vereador Dr. Marcos Paulo. 

 

VIOLÊNCIA AGRAVA SITUAÇÃO NO CAMPO DE SANTANA

Quinze dias depois da visita do vereador Dr. Marcos Paulo ao Campo de Santana, a protetora responsável por cuidar dos gatos abandonados no parque foi assaltada e agredida lá dentro, em plena luz do dia de uma quinta-feira.

A violência foi denunciada pelo vereador Dr. Marcos Paulo, que prestou apoio à protetora e cobrou providências da Prefeitura. Depois disso, uma reunião de segurança foi convocada para definição de medidas de segurança para o Campo de Santana.

O vereador Dr. Marcos Paulo segue trabalhando para que tanto o abandono de animais quanto a violência sejam igualmente combatidas e coibidas em todos os parques públicos da cidade.  Confira os detalhes da fiscalização do vereador ao Campo de Santana:

GATOS E CAMPO DE SANTANA SOFREM COM ABANDONO DA PREFEITURA E OMISSÂO DA SUBEM Estive com minha equipe no Campo de…

Publicado por Dr. Marcos Paulo em Segunda-feira, 27 de maio de 2019

 

Vereador Dr. Marcos Paulo