CÂMARA BARRA CPI DA SUBEM, MAS DR. MARCOS PAULO SEGUE COM DENÚNCIAS E INVESTIGAÇÕES

No dia 06 de junho, o vereador Dr. Marcos Paulo subiu ao plenário da Câmara Municipal Rio para dar um recado bem claro. Não recuará um milímetro na luta para denunciar desvios do poder público e para cobrar que a Prefeitura do Rio de Janeiro comece a trabalhar pelos aninais abandonados na nossa cidade.

 

No dia 06 de junho, o vereador Dr. Marcos Paulo subiu ao plenário da Câmara Municipal Rio para dar um recado bem claro. Não recuará um milímetro na luta para denunciar desvios do poder público e para cobrar que a Prefeitura do Rio de Janeiro comece a trabalhar pelos aninais abandonados na nossa cidade.

O vereador Dr. Marcos Paulo descobriu que, apesar de alegar não ter recursos para cuidar dos animais do município, a Subsecretaria de Bem Estar Animal (Subem) fechou pelo menos 8 contratos sem licitação, nos últimos 18 meses. Por isso ele ingressou com requerimento de uma CPI na Câmara para investigar esses contratos.

“Me surpreendi ao ver o próprio presidente da Comissão de Direitos dos Animais pedir a vereadores que impedissem a abertura da CPI. Por que será que algumas pessoas que se dizem defensoras dos animais não querem a investigação de atos ilícitos cometidos pela Subem? Foram mais de R$ 4 milhões gastos sem buscar o menor preço e com empresas diferentes que possuem os mesmos sócios. Se os recursos são poucos têm que ser investidos dentro da lei, de forma responsável e visando sempre o melhor para os animais”, ressaltou o vereador em seu pronunciamento.

O vereador fez questão de destacar que, mesmo sem a instalação de uma CPI, as investigações continuam. Seu gabinete recorreu à Justiça para a instalação da CPI. E o Dr. Marcos Paulo entregou pessoalmente todas as provas dos desvios da Subem nas mãos do Procurador Geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro – MPRJ. O Tribunal de contas também já foi acionado.

Acompanhe aqui parte do pronunciamento do vereador sobre esse caso, no plenário da Câmara:

QUEM NÃO DEVE NÃO TEME – Irei até o fim para defender os Animais

QUEM NÃO DEVE NÃO TEMENa última semana subi ao plenário da Câmara Municipal Rio para dar um recado bem claro. Não recuarei um milímetro na luta para denunciar desvios do poder público e para cobrar que a Prefeitura do Rio de Janeiro comece a trabalhar pelos aninais abandonados na nossa cidade.Descobri que, apesar de alegar não ter recursos para cuidar dos animais do município, a Subsecretaria de Bem Estar Animal (Subem) fechou pelo menos 8 contratos sem licitação, nos últimos 18 meses. Entrei com pedido de uma CPI na Câmara para investigar. E me surpreendi ao ver o próprio presidente da Comissão de Direitos dos Animais pedir a vereadores que derrubassem a CPI.Por que será que algumas pessoas que se dizem defensoras dos animais não querem a investigação de atos ilícitos cometidos pela Subem? Foram mais de R$ 4 milhões gastos sem buscar o menor preço e com empresas diferentes que possuem os mesmos sócios. Se os recursos são poucos têm que ser investidos dentro da lei, de forma responsável e visando sempre o melhor para os animais.Infelizmente a causa animal não tem sido prioridade desta prefeitura. Basta andar pelas ruas para constatarmos o crescimento brutal do número de animais abandonados. Quem busca castração pública dificilmente consegue. E para piorar, a todo momento recebemos denúncias de favorecimentos de desvios de rações, desvios de remédios e demais insumos comprados para prestação de serviços públicos para os animais.Estamos de olho e trabalhando duro para reverter esse quadro. Vamos recorrer à Justiça para a instalação da CPI. E já entreguei pessoalmente todas as provas dos desvios da Subem nas mãos do Procurador Geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro – MPRJ. O Tribunal de contas também está sendo acionado. Usarei todos os recursos de que disponho como vereador para acabar com a omissão da prefeitura e reverter o cenário de total abandono dos aninais pelo poder público em nossa cidade. A proteção animal não pode continuar toda nas costas apenas dos protetores, voluntários e amantes dos bichinhos. Essas pessoas estão adoecendo, estão até deixando de comer para cuidar sozinha dos animais. Pagamos impostos e os recursos arrecadados precisam ser revertidos também para políticas públicas eficazes para os nossos animais.Chega de tanta omissão! Quem não deve não teme.

Publicado por Dr. Marcos Paulo em Domingo, 9 de junho de 2019

Vereador Dr. Marcos Paulo